Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Menu Mobile CONHEÇA A FUNDAÇÃO OSESP

Festival de Inverno Campos do Jordão

Festival de Inverno Campos do JordãoFestival de Inverno Campos do Jordão

Artistas e Professores

Artistas e Professores


Brasil Jazz Sinfônica

Formada por 70 músicos e mantida pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, a Brasil Jazz Sinfônica une a orquestra dos moldes eruditos a uma big band de jazz. O resultado é uma sonoridade única, com direito a samba, frevo, bossa nova, MPB, samba-jazz, rock e reggae, que tem lhe conferido protagonismo na criação de uma nova estética orquestral brasileira por meio de arranjos contemporâneos e únicos, criados não raras vezes com exclusividade para o grupo.

Sua criação ocorreu em 3 de outubro de 1989, tendo como um de seus fundadores aquele que ainda hoje é considerado um dos principais arranjadores da música popular brasileira: Cyro Pereira (1929-2011), maestro dos festivais da Record dos anos 1960. O regente foi o responsável por transformar as melodias populares de compositores brasileiros em versões sinfônicas, e contribuiu de forma decisiva para a formação de uma equipe de arranjadores de excelência.

O grupo produz, em média, 100 partituras por ano. O resultado é um rico acervo, que contempla mais de 2 mil peças. Em sua longa trajetória, a orquestra foi conduzida por grandes maestros, incluindo, além do próprio Cyro Pereira, o pianista e compositor Nelson Ayres, João Maurício Galindo e Fábio Prado. Desde 2017, a Direção Artística e Geral está a cargo do pianista e produtor Antonio de Arruda Ribeiro.

Conhecida e prestigiada em todo o território nacional e em inúmeros países, a Brasil Jazz Sinfônica já tocou com nomes do cenário musical, como Tom Jobim, Milton Nascimento, Gal Costa, João Bosco, Toquinho, Paulinho da Viola, Daniela Mercury, Diogo Nogueira, Carlinhos Brown, John Pizzarelli, Stanley Jordan, Gonzalo Rubalcaba, Dee Dee Bridgewater, Stacey Kent e Paquito D’Rivera.

Com o intuito de atingir um público ainda maior, em 2017 foi criado o programa Brasil Jazz Sinfônica, que integra a grade da TV Cultura. Em transmissões semanais, a emissora exibe apresentações da orquestra por todo o território brasileiro, sendo algumas delas ao vivo.

Grandes espaços de concertos e espetáculos, como a Sala São Paulo, o Auditório Ibirapuera e os teatros municipais de São Paulo e do Rio de Janeiro, além de importantes eventos, como o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, costumam reunir um público expressivo e diversificado da orquestra.

Voltar